Empatia no ambiente organizacional

Segundo o dicionário Aurélio, a palavra empatia significa: “A capacidade psicológica para se identificar com o eu do outro, conseguindo sentir o mesmo que este nas situações e circunstâncias por esse outro vivenciadas”. “Ato de se colocar no lugar do outro”.

Os processos organizacionais modernos, ainda que embasados em tecnologia, são todos decorrentes e dependentes de relacionamento humano. Nesse contexto a noção de ‘empatia’ tem notável importância.

As relações dentro de uma empresa não precisam ser baseadas apenas na competitividade. Quando há empatia entre os membros de uma equipe, ela pode alcançar metas maiores do que quando é levado em conta apenas o resultado pessoal. Incentivar esta habilidade dos colaboradores harmoniza o ambiente de trabalho e promove a construção de laços mais ricos na empresa.

As empresas que mais se destacaram na gestão de pessoas nos últimos anos são aquelas que sabem muito bem aonde querem chegar e tem a certeza de que dependem de seus colaboradores para alcançar seus objetivos.

Essas empresas conseguiram reduzir o grau de incerteza, que é um grande gerador de tensão para qualquer ser humano, agiram com empatia, e, ao estabelecer uma comunicação direta e aberta, definiram planos de ação baseados na identificação dos pontos que mais impactam na satisfação profissional de seus colaboradores.

A boa notícia é que, assim como aprendemos a desenvolver a comunicação, espírito de liderança, trabalho em equipe, a empatia pode ser desenvolvida com treinamento, persistência e força de vontade.

Dentro do Programa de Desenvolvimento de Equipes, a Colabore trabalha a Empatia com processos vivenciais na segunda etapa do Módulo 1 do treinamento. Várias empresas já passaram pelo processo e experimentaram aprendizados que geraram mudanças de comportamento como:

  • A capacidade de se colocar no lugar do outro;
  • A percepção daquilo que as pessoas estão sentindo e passando;
  • A habilidade de ouvir com carinho e atenção aquilo que estão nos comunicando através de palavras, gestos ou atos;
  • Apreciar e respeitar as diferenças: pessoas, raças, culturas, filosofias, religiões, formas de pensar etc.

A prática da empatia é de grande importância para a convivência saudável e harmoniosa entre as pessoas. É o ato de calçar os sapatos do outro e sentir onde ele aperta realmente. É a verdadeira inteligência emocional em uso, o que é importante para as pessoas terem sucesso nos relacionamentos pessoais e profissionais.

 

.

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply