Os jogos colaborativos são atividades que requerem um trabalho em equipe para alcançarem metas mutuamente aceitáveis. Busca aproveitar as condições, capacidades, qualidades ou habilidades de cada indivíduo, aplicá-las em um grupo e tentar atingir um objetivo comum.
Os jogos colaborativos  propõem a busca de novas formas de jogar, com o intuito de diminuir as manifestações de agressividade nos jogos, promovendo atitudes de sensibilidade, cooperação, comunicação, alegria e solidariedade.

Jogos Colaborativos possuem no seu âmago de desenvolvimento a cooperação e a colaboração. São atividades de compartilhar, unir pessoas, despertar a coragem para assumir riscos com pouca preocupação com o fracasso e o sucesso em si mesmos. Os jogos colaborativos reforçam a confiança em si mesmo e nos outros, propiciando uma participação autêntica, fazendo com que o ganhar e o perder sejam, apenas, referências para o crescimento pessoal e coletivo. Através dos jogos colaborativos, crianças, adolescentes e pessoas de todas as idades “descobrem” outras possibilidades: regras, aprendizagem e educação, a ajuda, a solidariedade, a compreensão, o lúdico. A disputa e a competição podem ser confrontadas, abrindo-se uma possibilidade de inserção da colaboração – onde todos ganham.

A UNESCO coloca como alguns dos valores essenciais para a paz e a convivência ecológica entre as pessoas: respeitar a vida, rejeitar a violência, ser generoso, escutar para compreender, preservar o planeta, redescobrir a solidariedade. Esses e outros valores como: união, amor, colaboração, bondade, paz, responsabilidade, organização, inclusão ética, são trabalhados através das vivências colaborativas.

Os jogos colaborativos (vivências colaborativas) permitem o desenvolvimento do viver e do conviver em grupo, do aprender para colaborar e do colaborar para aprender, exercitando o compartilhar como instrumento de crescimento pessoal.

Segundo Terry Orlick, “a diferença principal entre Jogos Colaborativos e competitivos é que nos Jogos Colaborativos todo mundo colabora e todos ganham, pois tais jogos eliminam o medo e o sentimento de fracasso. Eles também reforçam a confiança em si mesmo, como uma pessoa digna e de valor.”

A proposta da colaboração é que as pessoas possam fazer as coisas conjuntamente, que possam compartilhar situações, sentimentos, sensações, momentos e encontros. Que a colaboração seja também um exercício de convivência e que tudo esteja sempre dentro de uma comunidade.

Quando temos um grupo, o resultado final deverá sempre ser de acordo com o que é melhor para todos, e não para mim individualmente.

Para se atingir a colaboração é necessário vivenciar 3 etapas:

1º Ganhar Sozinho = individualista / Indiferença

2º Ganhar de você = competitivo

3º ganhar COM você = colaborativo 

E o que é um jogo semi-colaborativo então? É aquele que favorecem o aumento da colaboração no grupo e oferecem as mesmas oportunidades de jogar para todas as pessoas do time. Os times continuam jogando um contra o outro, mas a importância do resultado é diminuída, a ênfase passa a ser o envolvimento ativo no jogo e na diversão. Por exemplo: todos os jogadores devem tocar na bola. Todas as mulheres têm que fazer determinada coisa, enquanto aguardam a vez. Todos os pontos de um time são computados para o outro. Cada vez que um time faz um ponto, um jogador deverá passar para o lado oposto etc…

A sociedade por si só já é muito competitiva, e então nascemos sabendo competir, e acabamos deixando de aprender a colaborar.

Veja algumas justificativas para a utilização dos jogos colaborativos, e quais são os benefícios que eles nos trazem em contrapartida aos jogos competitivos.

Jogos ColaborativosJogos Competitivos
Visão que “Tem para todos”Visão que “só tem para um”
Objetivos comunsObjetivos exclusivos
Ganhar COM o outroGanhar DO outro
Jogar COMJogar CONTRA
Confiança mutuaDesconfiança / Suspeita
Todos FAZEM parteTodos À parte
Descontração / AtençãoPreocupação / Tensão
SolidariedadeRivalidade
Diversão para TODOSDiversão às custas de alguns
A Vitória é garantida e compartilhadaA Vitória é uma ilusão
Vontade de continuar jogandoPressa para acabar com o Jogo

Existem várias maneiras de utilizar o Jogo Colaborativo, mas esse tipo de jogo, não tem local, data, espaço ou situação mais adequada. Ele pode ser praticado em toda e qualquer situação. No dia a dia, na escola, no trabalho, nas empresas, nos eventos, na convivência com os outros. A colaboração deve ser entendida como um valor e não como um ato.